Petição para o respeitar dos direitos humanos

Gostaria de chamar a sua atenção para um grande erro cometido recentemente pelas autoridades romenas, que colocaram o refugiado e professor de yoga, Gregorian Bivolaru, na lista da Europol "Most Wanted" ou “Mais Procurado”, sob acusações falsas e ilegais (nomeadamente "exploração sexual de crianças" e "pornografia infantil" - razões pelas quais ele nunca foi condenado). Esta grande mentira e abuso levou o Sr. Bivolaru a ser preso em Paris a 26 de fevereiro de 2016.

De acordo com seu estatuto de refugiado político na Suécia e possuindo um passaporte perfeitamente válido, Gregorian Bivolaru está em conformidade com as disposições da Convenção de Genebra, gozando assim do direito de livre circulação em qualquer um dos estados membros da União Europeia, com excepção da Roménia.

A captura do Sr. Bivolaru na Roménia foi precedida e preparada por um enorme escândalo dos média, montado com o claro propósito de instigar a opinião pública sob o pretexto ridículo de que Gregorian Bivolaru seria alegadamente "o criminoso mais perigoso da Europa".

De facto o Sr. Bivolaru foi condenado a 6 anos de prisão em 2004 por um "acto sexual com uma pessoa do sexo feminino menor de idade" - uma frase que mais tarde se provou ser um acto abusivo, quando o Supremo Tribunal em Bucareste anunciou vigorosamente que o novo julgamento do caso tinha sido manipulado através do uso de brechas na lei.

Dois tribunais totalmente independentes na Roménia já tinham limpo Gregorian Bivolaru das mesmas exactas acusações usadas contra ele pelo Supremo Tribunal em Bucareste.

Também altamente significativo é o facto da alegada vítima ter continuamente negado ter tido uma relação sexual com Gregorian Bivolaru. A suposta "vítima" entrou com uma queixa junto do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, pelo abuso perpetrado contra ela pelas autoridades romenas.

Gregorian Bivolaru em nada satisfaz qualquer exigência para ser incluído na lista da Europol. A ENFAST (Europeat Network of Fugitive Active Search Teams) na Roménia forjou as acusações contra Gregorian Bivolaru, abusando gravemente do seu direito institucional de usar o site da Europol.

Na mais recente decisão do Tribunal, emitida pelo Tribunal em Cluj Napoca, na Roménia, em fevereiro de 2015, o Sr. Bivolaru foi inocentado de todas as acusações após a tentativa do Ministério Público de acusar Gregorian Bivolaru de "tráfico de seres humanos e organização de um círculo de crime". Todas as acusações foram exoneradas como resultado das operações de busca desprezíveis e violentas de 2004.

Nos últimos dias, na Roménia, temos assistido ao surgimento de uma ação repressiva que se assemelha quase totalmente às brutalidades que as autoridades perpetraram em 2004 contra Gregorian Bivolaru e estudantes de yoga da MISA. Esse tipo de acção por parte das autoridades foi iniciada em plena força e ruidosamente acompanhada por todos os canais de comunicação social em todo o país. Os meios de comunicação impressos e as estações de TV assumiram a missão de "persuadir" a opinião pública para permitir tal linchamento público perpetrado com exatamente as mesmas ferramentas do regime comunista, sem pensamento crítico da questão. Hoje em dia, assim como em 2004, apenas um jornalista romeno, Ion Cristoiu, teve a coragem de apontar a verdade, que mais uma vez é a prova do facto de que os meios de comunicação social na Roménia são totalmente subservientes.

Estou totalmente confiante de que as instituições europeias, e especialmente aqueles em França, vão descobrir a fraude perpetrada pelas autoridades romenas! Precisamos de tomar uma posição para que os magistrados franceses libertem Gregorian Bivolaru imediatamente, respeitando assim os direitos fundamentais a que tem direito, de acordo com os tratados internacionais.

Também estou confiante de que a equipa jurídica europeia sancionará as autoridades em Bucareste pela forma como eles fizeram uso dos instrumentos europeus (como o Enfast e a Europol), com o objetivo de perpetrar acções abusivas extremamente graves, que são incompatíveis com os padrões de um estado membro da União Europeia.

Para mais informações visite http://yogaesoteric.net/content.aspx?lang=EN&item=0

Assine esta Petição


OU

Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua assinatura. Para se assegurar de que recebe os nossos emails, por favor, adicione o info@peticao24.com à sua lista de contactos ou à lista de remetentes seguros.

Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Facebook