MOVIMENTO LAGOINHA VIVA

EM DEFESA DO COMPLEXO DA LAGOINHA, NÃO AO CENTRO ADMINISTRATIVO !

 

Em 29 de junho de 2013 o Sr. Prefeito Marcio Lacerda, sem nenhum diálogo com a comunidade, publicou no Diário Oficial do Município o Decreto nº 15.252 de 2013 em caráter de urgência e emergência (sem necessidade, pois todas as Secretarias e autarquias encontram-se devidamente instaladas) em que determina a desapropriação de 20 lotes existentes no Complexo da Lagoinha. Contudo, através da mídia manda recado para uma comunidade que contribuiu de grande forma para sua reeleição. O recado explode no Complexo da Lagoinha, como uma grande traição, pois desde 2011 a prefeitura participa de reuniões com as lideranças comunitárias do Complexo, prometendo uma grande revitalização da área e não sua destruição.

O Senhor Prefeito, não divulgou ao certo quais lotes seriam desapropriados, apenas um mapa mal acabado; uma forma de impossibilitar a população de se defender ou até mesmo de gerar a nulidade de tal decreto unilateral e antidemocrático.

Fato é que o Complexo da Lagoinha foi berço de nossa cidade e ainda é parte importante da nossa historia. Várias famílias de imigrantes começaram, no Complexo da Lagoinha, a construir nossa cidade e nossa cultura, fato então, desprezado pelo Senhor Prefeito.

Em reunião realizada em 16 do mês em curso, com os moradores do Complexo, o Sr. Prefeito, apesar de convidado, não compareceu. De forma muito desconcertante, sem nada saber, o Sr, Cristiano Lamas representante da Regional Noroeste, prometeu a presença do Prefeito na região em 15 dias para prestar esclarecimentos sobre as atitudes tomadas unilateralmente pelo Sr. Marcio Lacerda contra os moradores e contra toda a Belo Horizonte; uma forma de tentar explicar o inexplicável.

Inexplicável, pois, nada justifica a ausência de implementação de necessidades básicas, tais como, saúde, educação, mobilidade publica, transporte de qualidade e segurança para se construir um sonho megalomaníaco da prefeitura utilizando-se de argumentos que as repartições publicas necessitam de melhores instalações ou redução de custo das mesmas. Todas as instalações utilizadas pela prefeitura funcionam bem para seus devidos fins, diferentemente de hospitais (insuficientes), de escolas (não capacitadas), transporte (sem qualidade), segurança (inexistente) e valorização dos cidadãos belo-horizontinos como seres humanos, eleitores, trabalhadores e que pagam caros impostos para financiar um luxo da prefeitura.

Na atualidade desenvolvemos um pensamento moderno em que finalmente aprendemos a força que temos quando nos juntamos para exercer de fato a democracia como sociedade civil organizada. Com os nossos recentes protestos conseguimos derrubar a as tarifas abusivas de transporte publico, dentre outras reivindicações alcançadas. Clamamos, mais uma vez, por essa força para evitar que novamente interesses próprios estejam acima dos interesses do povo, dos verdadeiros pagadores das dividas geradas pelo governo que só fazem aumentar os impostos por nós pagos.

Somos modernos e ousados e não devemos aceitar decretos unilaterais que não nos favorece de forma alguma.

Não queremos essa obra; não temos dinheiro para paga-la e precisamos urgente do básico; não faremos divida para pagar luxo que para nos é lixo; por isso precisamos estar unidos para impedir que mais uma vez os governantes façam o que bem desejam impunemente, passando por cima das necessidades básicas da população e olhando, apenas, para seu próprio umbigo.

Exigimos, através dessa petição on-line, que o Prefeito Marcio Lacerda revogue esse Decreto arbitrário e injusto que caracteriza um crime contra a historia e um desrespeito a população de Belo Horizonte.

Lideranças Comunitárias do Complexo da Lagoinha – Movimento Lagoinha Viva

 

 


Frente em Defesa da Lagoinha    Contactar o autor da petição

Assine esta Petição


OU

Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua assinatura. Para se assegurar de que recebe os nossos emails, por favor, adicione o info@peticao24.com à sua lista de contactos ou à lista de remetentes seguros.

Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Facebook