Manifesto de Apoio Eleição Complexo-HUPES

É com indignação que chega a conhecimento da comunidade acadêmica da UFBA o Parecer nº 1076/2013 da Procuradoria Federal junto a UFBA opinando pela anulação do processo de Consulta a Comunidade a Direção do Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgar Santos (COM-HUPES), justificando que as normas aprovadas pelo Conselho Gestor para o processo de consulta não estão de acordo com o determinado no Regimento Geral do COM-HUPES. O que aconteceu é que o Regimento do hospital discrimina que só pode ser candidato ao cargo de diretor do COM-HUPES um profissional que tenha curso lato senso de gestão hospitalar ou congênere, no entanto, na elaboração das normas da Consulta o texto abria a possibilidade de um professor sem curso de gestão hospitalar ser candidato, normas essas que foram aprovadas por unanimidade em reunião do Conselho Gestor do dia 15/09/2013.

Cabe lembrar o quão difícil foi a luta dos estudantes, professores e servidores do COM-HUPES para que essa Consulta a Comunidade acontecesse. Desde janeiro deste ano essa pauta vinha sendo discutida no Conselho Gestor, a fim de fosse formada a Comissão Eleitoral e as normas e calendário do processo fossem elaboradas e aprovadas, no entanto, diversos ataques a democracia universitára foram feitos, diversas vezes foram questionados a escolha dos seguimentos da universidade para a composição eleitoral e apontado que o próprio processo não deveria ser realizado, deslegitimando o direito de escolha da comunidade. Portanto, foram 7 meses de muita luta e desgaste dos representantes do Cosnelho Gestor e membros das categorias representativas da comunidade acadêmica para a garantia da Consulta, tendo esta sido realizada com transparência e lisura.

Outro ponto importante, é a forma e o momento em que essa questão do curso de gestão hospitalar foi questionada, tendo as normas  sido aprovadas há 67 dias, as inscrições dos candidatos realizadas a 32 dias, os debate já haviam ocorrido e o processo se encontrava em sua última semana de campanha dos candidatos. Claramente, o questionamento foi enviezado pelo interesse de ir de encontro a candidatura de Profº José Tavares Neto e Profª Ana Borja, desconsiderando todo o percurso supra-citado. Posteriormente, após a votação já ter acontecido e o resultado da Consulta já estar dado, novamente, essa questão foi levada ao CG.

 

Assine esta Petição


OU

Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua assinatura. Para se assegurar de que recebe os nossos emails, por favor, adicione o info@peticao24.com à sua lista de contactos ou à lista de remetentes seguros.

Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Facebook