Contra o aumento ABUSIVO das mensalidades 2012

À Digníssima Senhora Maria Celina Cattini, Diretora do Colégio Visconde de Porto Seguro.

 

Os abaixo-assinados, residentes e domiciliados nesta capital, possuem contrato de prestação de serviços educacionais com este Colégio, tendo seus filhos matriculados e cursando desde o Ensino Infantil ao Ensino Médio.

Diante desta condição e com fulcro em missiva enviada, em 18 de outubro de 2011, por este Colégio, onde foram noticiados os valores que serão cobrados para a continuidade do ensino de nossos filhos em 2012, que ora se apresenta o presente abaixo assinado.

Primeiramente foi com grande assombro que os abaixo-assinados tomaram ciência que o Colégio Visconde de Porto Seguro efetuará um aumento que varia de 15% a 23% dependendo do ano e da forma de pagamento das mensalidades escolares conforme quadro abaixo:

 

Variação entre 2011 e 2012:

 

1ª opção: pagamento à vista:

Infantil 5 e Ensino Fundamental (1º a 5º ano): +23,2%

Ensino Fundamental (6º a 9º ano): +18,9%

Ensino Médio, Abitur e Comércio Exterior: +18,7%

 

2ª opção: pagamento em duas parcelas:

Infantil 5 e Ensino Fundamental (1º a 5º ano): +22,5%

Ensino Fundamental (6º a 9º ano): +18,2%

Ensino Médio, Abitur e Comércio Exterior: +18,0%

 

3ª opção: pagamento em 12 parcelas:

Infantil 5 e Ensino Fundamental (1º a 5º ano): +19,3%

Ensino Fundamental (6º a 9º ano): +15,2%

Ensino Médio, Abitur e Comércio Exterior: +15,0%

 

Referida pretensão de cobrança é verdadeiramente abusiva, posto que não guarda qualquer realidade com os índices financeiros atuais, tampouco há justificativa plausível para o aumento pretendido.

Há de se observar que os índices de inflação são: IPCA, últimos 12 meses (base setembro 2011): 7,31%; IGPM, últimos 12 meses (base setembro 2011): 7,46%, desta forma não se justifica de maneira alguma o acréscimo pretendido por este Colégio.

Existe um compromisso informal entre a instituição de ensino e as pessoas que ali matriculam seus filhos para a educação e o aprimoramento de um ser humano mais completo, de ali permanecer estudando até o final do ensino médio, fato este que não está sendo observado por este Colégio ao assim proceder.

Portanto, solicitamos que o aumento da mensalidade, para o ano letivo de 2012, seja revisto e elaborado considerando os índices de inflação e não simplesmente atingindo percentuais distantes da realidade que poderão inviabilizar a continuidade dos estudos de nossos filhos nesta Instituição. É justamente nestes termos que os abaixo-assinados aguardam que esta Digna Instituição Educacional reveja o aumento divulgado, adequando-o ao patamar razoável.

Pelo exposto, estando certos de serem atendidos no seu pleito, é que encaminhamos esse documento assinado pelos responsáveis legais dos alunos matriculados abaixo elencados.

 

São Paulo, 23 de Outubro de 2011.

Facebook