Campanha pra que o Naruto não seja sacrificado PIT BULL DE SUMARÉ

Jocília Protetora Dos Animais Ontem 15/10/2014 às 15:45

DESTINO DO CÃO QUE MATOU O DONO CONTINUA INDEFINIDO
Animal recebe tratamento veterinário no CCZ de Sumaré e pai de vítima nega que pit bull fosse treinado para brigas ou ataques
O destino do cão Naruto, que atacou e matou anteontem seu dono, em Sumaré, ainda está indefinido. Ele continua sob quarentena no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) da cidade e estaria "ainda muito agitado", segundo veterinários do órgão. Exames também estão sendo feitos para verificar a saúde do pit bull.
O corpo Silvério Ferreira da Silva, 36, foi enterrado ontem à tarde no Cemitério da Saudade, em Sumaré.
Segundo o pai da vítima, Antonio Carlos da Silva, 58, o cão foi adotado com cerca de 40 dias de idade. "Meu filho criou o Naruto na mamadeira e deu sempre do bom e do melhor [ao cão]. Ele era dono de um macho e duas fêmeas, uma pit bull e outra mestiça. Todos eram dóceis e cada um tinha um 'quadrado', onde eram presos quando alguém chegava. Eu não sei o que aconteceu ontem (anteontem), mas deu para perceber que eles [Silvério e o cachorro] lutaram bastante e meu filho deve ter usado os braços para proteger o rosto, o pescoço", relatou, afirmando ainda que Silvério nunca treinou seus cães para brigas ou ataques.
No dia do ataque, um policial militar que pediu para não ser identificado, disse ao LIBERAL durante registro da ocorrência que na casa havia equipamentos de treinos para animais e que a mulher de Silvério revelou que o marido dava "tratamento diferenciado" ao cão, supostamente para brigas. Vizinhos não quiseram comentar o assunto.
Única testemunha do acidente, N.V.P., 21, não quis falar com a reportagem. Anteontem, policiais militares que atenderam a ocorrência informaram que o cão atacou seu dono no momento em que ele abriu a porta da casa para a saída de N. Silvério teria tentado segurar Naruto e, então, houve o ataque. O 2º Distrito Policial deve instaurar inquérito para apurar as circunstâncias do acidente. O boletim de ocorrência foi registrado como óbito/morte suspeita


Jocilia Protetora dos Animais    Contactar o autor da petição

Assine esta Petição


OU

Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua assinatura. Para se assegurar de que recebe os nossos emails, por favor, adicione o info@peticao24.com à sua lista de contactos ou à lista de remetentes seguros.

Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Facebook