Aumento do efetivo policial, a priori, militar, em cidades interioranas

  Um dos problemas mais sérios do país é o número de homicídios, que atinge principalmente nas regiões mais pobres, interioranas e nas periferias. Em uma década, a violência(não apenas os homicídios, mas assaltos e explosão de caixas eletrônicos) vem migrando das grandes cidades para o interior e acaba sendo agravado em função do baixo número de efetivo policial militar em determinadas áreas. 

  Em julho de 2015 o G1 fez um levantamento exclusivo, com base em dados das secretarias de Segurança Pública dos estados, e chegou a número semelhante em relação aos policiais militares: um para cada 471 habitantes.

  Segundo a pesquisa do IBGE, a região Centro-Oeste registrou a maior proporção de PMs por habitantes, 1 para cada 393, com destaque para o Distrito Federal, com 1 para cada 194.

  No Sudeste, havia um PM para cada 454 pessoas. Em São Paulo, um por 488 habitantes, e no Rio de Janeiro, um para 355.

  As menores incidências de policiais militares por habitantes foram encontradas na Região Sul e no Maranhão: 1 para cada 583 e 1 para cada 881, respectivamente.

     A situação é agravada quando os índices demonstram o ocorrido em cidades do interior dos Estados onde em sua maioria um único delegado e pouquíssimos agentes são responsáveis pela instauração da ordem no seu municípios e todos os vizinhos. 

 


Jahya Hasvarror e Claudiana de Lima    Contactar o autor da petição

Assine esta Petição


OU

Irá receber um email com uma ligação para confirmar a sua assinatura. Para se assegurar de que recebe os nossos emails, por favor, adicione o info@peticao24.com à sua lista de contactos ou à lista de remetentes seguros.

Publicidade Paga

Anunciaremos esta petição a 3000 pessoas.

Facebook